Morador em situação de rua morre no Jardim Jupira em Foz do Iguaçu

Ele foi resgatado das vias públicas e levado ao pronto-socorro do Hospital Municipal; frio pode ter contribuído para o óbito.

Apoie! Siga-nos no Google News

Um morador em situação de rua morreu, na madrugada da quarta-feira, 14, em Foz do Iguaçu. Ele estava no Jardim Jupira, bairro situado na fronteira com o Paraguai, quando foi socorrido por voluntários do projeto Sopão da Madrugada.

Leia também:
E o sol? Será que volta? Veja a previsão do tempo para Foz do Iguaçu

O homem, que aparentava ter mais de 50 anos, chegou a ser levado ao pronto-socorro do Hospital Municipal Padre Germano Lauck, mas não resistiu.

No hospital, constatou-se que ele estava fraco, desnutrido e desorientado. O frio pode ter contribuído para a piora do quadro. O corpo foi encaminhado para o Serviço de Verificação de Óbitos na tentativa de identificá-lo e acionar a família.

Antes de viver nas ruas, o homem estaria morando em uma chácara, situada na região de Três Lagoas, que abrigava ex-apenados. O local fechou, e ele foi morar na região da Ponte da Amizade, na Vila Portes, e ultimamente no Jardim Jupira.

A temperatura média na madrugada de quarta-feira ficou em 10°C, porém a umidade relativa do ar chegou passou de 94%, intensificando a sensação de frio. A média considerada segura pela Organização Mundial da Saúde (OMS) varia de 50% a 80%.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.