Com as restrições, casos e mortes diminuíram. Coincidência? Foto Marcos Labanca

Mortos por covid-19, em Foz, tinham 38, 43 e 50 anos. Casos diminuem para 58 em 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu registrou três mortes por covid-19 nas 24 horas até esta sexta-feira, 9. Desta vez, o mais velho tinha apenas 50 anos. Os outros, 38 e 43, totalmente fora dos grupos que, pela idade, são considerados de risco. Fica o alerta.

As mortes desde o início da pandemia subiram para 690. Já o número de casos, com os 58 registrados de ontem para esta sexta, totalizam 32.378, dos quais 31.268 são de pessoas já recuperadas.

Os casos ativos na cidade reduziram para 420, dos quais 149 estão internados e 271 estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves da doença.

A média móvel da doença, nos últimos sete dias até esta sexta, diminuiu para 58,43 casos por dia, quando na quinta estava em 60,86, já em queda de quase 50% na comparação com duas semanas atrás.

Dos 125 leitos de UTI para covid-19, em Foz, 113 estão ocupados (90,4%). Dos 89 leitos de enfermaria para UTI, 53 estão com pacientes (59,55%).

Os médicos dizem que a situação ideal, numa pandemia como a que enfrentamos, seria a ocupação de 40% dos leitos de UTI. Com as devidas precauções e com a queda na média móvel de casos, é possível atingir esta meta.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 908 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ