Em muitos locais de vacinação, a procura superou a previsão inicial. Imagem: Ministério da Saúde / Paraguai.

Falta de doses suspende vacinação contra a covid em Ciudad del Este

Quarta-feira (28) de muitas queixas em Ciudad del Este e municípios vizinhos, após a interrupção da vacinação contra o novo coronavírus devido à falta de doses. O dia estava reservado para a imunização de pessoas com 20 anos ou mais e documento de identidade terminado em 8 ou 9. A grande procura dos grupos anteriores, no entanto, esgotou os estoques disponíveis.

De acordo com o jornal ABC Color, para evitar aglomerações nas filas, integrantes das equipes de saúde distribuíram senhas conforme a quantidade que ainda havia em locais como o Parque Linear da Área 1. Na sede da 3ª Divisão do Exército e no Polideportivo (Ginásio) Municipal, a vacinação foi completamente suspensa, o que gerou descontentamento entre os que não foram contemplados.

Ainda segundo o jornal paraguaio, foram registradas situações similares em outros municípios do Alto Paraná, como Presidente Franco e Minga Guazú. Em Hernandarias, o posto de imunização da Costanera foi fechado e houve atendimento apenas no Hospital Distrital, cujo estoque era de pouco mais de 500 vacinas. A retomada da aplicação está condicionada à chegada de um novo lote.

“Tivemos problemas com o fornecimento de vacinas e precisamos fechar o autovac (drive-thru) da Costanera. Teremos de esperar para retomar a primeira dose, há muita gente ansiosa e esperançosa em receber a vacina. Estamos na expectativa do plano do Ministério da Saúde para ver como será resolvido o problema”, disse Carlos Insaurralde, diretor do Hospital Distrital, em entrevista ao ABC Color.

Na noite de terça-feira (27), chegou ao Paraguai um carregamento com um milhão de doses da vacina do laboratório Pfizer, doado pelo governo dos Estados Unidos. Conforme diretriz do Ministério da Saúde, o produto será utilizado, prioritariamente, para a aplicação da segunda dose, a partir da próxima semana. Uma doação da Espanha, ainda sem quantidade definida, é aguardada para o mês de agosto.

Dados atualizados até a noite de terça-feira (27) dão conta de que 2,1 milhões de doses de vacinas contra a covid já foram aplicadas no Paraguai, embora o total de pessoas com imunização completa ainda seja pequeno: 287 mil, o que equivale a pouco mais de 4% da população paraguaia.

Boletim

Nas últimas 24 horas, o Paraguai teve 664 casos positivos e 61 mortes atribuídas ao novo coronavírus. No acumulado, o país contabiliza 451.158 infecções, com 14.820 falecimentos e 19.672 pessoas em fase ativa. O departamento do Alto Paraná, cuja capital é Ciudad del Este, soma 26.281 casos, com 1.520 vidas perdidas e 1.221 moradores ainda com sintomas ou em etapa de transmissão.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

Guilherme Wojciechowski é repórter colaborador do H2FOZ. E-mail: [email protected] - Veja mais mais conteúdo do autor.

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ tem 121 posts e contando. Ver todos os posts de Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.