Paraguai divulga balanço de obras de acesso à Ponte da Integração

Cronograma prevê entrega gradual dos lotes; conexão da ponte à cidade de Presidente Franco é a etapa mais avançada.

Apoie! Siga-nos no Google News

O Ministério de Obras Públicas e Comunicações (MOPC) do Paraguai divulgou, neste início de mês de abril, atualização a respeito das obras de acesso à Ponte da Integração Brasil–Paraguai, construída para fazer a ligação entre Presidente Franco e Foz do Iguaçu.

Leia também:
Perimetral Leste de Foz do Iguaçu tem serviços nas aduanas, pista e viadutos

Segundo a pasta, o trecho mais avançado é o da conexão entre a ponte e o perímetro urbano de Presidente Franco, onde a Avenida Bernardino Caballero está passando por processo de ampliação e instalação de uma nova capa asfáltica, com dez centímetros de espessura.

Equipes do MOPC acompanham o andamento dos trabalhos na cabeceira paraguaia. Foto: Gentileza/Ministério de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai
Equipes do MOPC acompanham o andamento dos trabalhos na cabeceira paraguaia. Foto: Gentileza/Ministério de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai

O cronograma geral aponta 74,16% de conclusão no Lote Urbano, executado pela Construtora Acaray SA. Em relação ao mês anterior, o percentual pode exibir variação negativa, em função da inclusão de novas obras ou da necessidade de ajustes.

Já a futura Zona Primária da Ponte da Integração está com 40% de execução nos trabalhos do Consórcio TIV, responsável pela construção do prédio da aduana. Outra obra administrativa, o Centro de Trâmites Aduaneiros (CTA), sob responsabilidade do Consórcio CEP, apresenta 32,87% de conclusão.

Perímetro urbano de Presidente Franco está passando por remodelação nos bairros próximos à ponte. Foto: Gentileza/Ministério de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai
Perímetro urbano de Presidente Franco está passando por remodelação nos bairros próximos à ponte. Foto: Gentileza/Ministério de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai

As obras de maior complexidade estão concentradas nos Lotes Rurais 1 e 2, que incluem um anel viário com mais de 30 quilômetros de rodovias duplicadas, interligando os municípios de Presidente Franco, Los Cedrales, Minga Guazú, Ciudad del Este e Hernandarias.

O Lote 1, executado pelo Consórcio CT Vial, tem progresso de 25%. O Lote 2, tocado pelo Consórcio Mediterráneo, apresenta 50% de avanço e inclui, entre as obras incluídas posteriormente no contrato, o asfaltamento da via de acesso ao Museu Moisés Bertoni, em Presidente Franco.

A obra com menor avanço é a construção da nova ponte sobre o Rio Monday, em Presidente Franco, nas proximidades do acesso à Ponte da Integração. O projeto está em fase de ajustes finais e a previsão é de início nos próximos meses, com conclusão até o segundo semestre de 2025.

A data de abertura da Ponte da Integração ao tráfego internacional dependerá, também, do andamento da construção da Rodovia Perimetral Leste na cabeceira brasileira, em Foz do Iguaçu. Para conferir o último balanço atualizado do empreendimento, clique aqui.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.