Copel anuncia instalação de 390 mil medidores até junho

Novos aparelhos substituem os modelos analógicos - Foto: Divulgação/Copel

Sem custo ao cliente, substituição do equipamento será feita em 73 cidades, incluindo as da Região Oeste.

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) anuncia que instalará 390 mil medidores inteligentes, em substituição aos analógicos, até o final do primeiro semestre deste ano. Segundo a empresa, serão contempladas 73 cidades, nas regiões Oeste, Sudoeste e Centro-Sul.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Ação visa a modernizar a gestão e a distribuição de energia elétrica no estado, divulga a companhia. Os novos medidores se comunicam automaticamente com a Copel, possibilitando o controle remoto da rede, da subestação ao consumidor final.

“Os medidores atuais estão sendo substituídos por equipamentos digitais em todas as unidades consumidoras dos municípios que fazem parte do programa”, informa a empresa. Até agora, foram substituídos 240 mil medidores em 63 cidades, sem custo ao cliente.

“A iniciativa atende às demandas dos clientes com mais rapidez, otimiza deslocamentos de equipes e possibilita a geração de dados qualificados para a Copel e para os consumidores”, frisa o presidente da Copel, Daniel Slaviero. Segundo ele, a iniciativa resulta em segurança e agilidade do sistema.

Programa

Com o programa Rede Elétrica Inteligente (REI), os medidores atuais serão trocados por digitais em todas as unidades consumidoras. A tecnologia facilita o controle de toda a cadeia, desde a subestação até o consumidor final, reporta a assessoria da Copel.

“Os sensores e dispositivos de controle a distância da rede inteligente vão reduzir o tempo de desligamento provocado por intempéries e outros fatores externos ao sistema”, relata. Permitem que a rede se religue automaticamente quando isso for possível e acionam a companhia quando a religação instantânea não puder ocorrer.

O investimento por meio do REI abrange R$ 820 milhões em investimentos, na primeira fase. O valor será aplicado em 151 municípios até 2023. A implantação do programa começou em abril de 2021; até agora, 4,5 milhões de paranaenses estão sendo beneficiados, contabiliza a Copel.

O programa nasceu como projeto-piloto em 2018, em Ipiranga, nos Campos Gerais, abrangendo cinco mil unidades consumidoras nas áreas urbana e rural do município, onde está operando com todas as funcionalidades.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.