Está gostando do verãozinho europeu de Foz? Então, aproveite, porque…

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

… vai acabar no final de semana. Entendeu o porquê das reticências lá no título? Porque precisava completar com essa informação, que a gente sonega no título para ter mais leitura (truquezinho besta, não?).

A previsão não é nossa, e nem há unanimidade para esta sexta-feira, 24. Mas, a partir de sábado, 25, o frio volta a dar as caras nessa fronteira fechada em si mesma.

Isso vai ocorrer segundo quatro dos cinco serviços que sempre consultamos. Desta vez, não podemos contar com o CPTEC/Inpe, já que o site dele está com problemas e não oferece a previsão de hoje e dos próximos dias.

Mas confira conosco os demais:

Simepar: na sexta, mínima de 15 e máxima de 28 graus (quase igual à previsão pra hoje); no sábado, veja isso!, mínima de 10 e máxima de 17 graus. No domingo, nova queda: 8 de mínima e máxima um pouco mais generosa, de 20 graus.

AccuWeather: os meteorologistas deste serviço antecipam o frio para sexta-feira, com mínima de 9 e máxima de 18 graus. Coincidem com o pessoal do Simepar que o frio aumenta no sábado – mínima de 6 e máxima de 18 graus. Já pro domingo, nada de coinciência: mínima de 14 e máxima de 21 graus. Mas sem verãozinho, percebeu?

Inmet: o Instituto Nacional de Meteorologia, nome inteiro para esta sigla, antevê uma sexta-feira ainda bem quente, com mínima de 18 e máxima de 31 graus. No sábado, dia internacional de tomar uma cerveja com os amigos (nos tempos normais), a mínima cai pra 13 e a máxima não passa de 23 graus. E no domingo, dia internacional da preguiça, a mínima fica em 11 e a máxima em 25 graus.

Climatempo: vai na mesma linha. Pra sexta-feira, previsão é de 15 graus de mínima e 28 de máxima. No sábado, cai pra 10 graus a mínima e a máxima pra 17. No domingo, frio aumenta: mínima de 8 graus. A máxima fica nos 20 graus.

O desenho mágico do crepúsculo, feito pelo sol, pelo céu e pelo solo na foto de Patrícia Iunovich.

E a chuva que a gente mencionou? Nesta previsão, o Climatempo ficou sozinho, já que só ele garante 8 milímetros de chuva para o sábado. Mas vai que…

… acerta, né? Porque, embora não preveja chuva para o domingo, o Inmet prevê tempo “encoberto com chuvisco”, pra segunda-feira, 27. Pode ser que o chuvisco se antecipe.

Aliás, ficamos na torcida por pelo menos um chuvisco, pra limpar a poeira e reduzir a poluição, provocada principalmente por certas pessoas que ainda vivem no tempo de pôr fogo em lixo, em mato, em tudo o que pega fogo, sem se importar com o bem-estar dos vizinhos e deles próprios.

Conclusão? A óbvia. Este surpreendente inverno se mantém, até agora, como o mais quente dos últimos anos. E o mais seco, também, já que se contam nos dedos os dias de chuva desde que começou a estação. Nos dedos de uma só mão.

Enfim, aproveite o que resta do verãozinho à europeia.

Imagem pra fechar o texto:

É a estrada para o paraíso? É a boa e velha Avenida Paraná, sob o sol mágico de quarta-feira. Foto Patrícia Iunovich
error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.