H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Por: Denise Paro - H2FOZ

A vida ao lado do meu Fusca 

A vida ao lado do meu Fusca 
O  clube tem Fuscas de vários modelos e épocas (Foto: Lis Barbosa)

H2FOZ - Denise Paro 
Fotos e vídeo: Marcos Labanca

Quase todo mundo tem um hobby na vida. Pode ser viajar, acampar ou circular pelas estradas em cima de uma motocicleta. Mas para um grupo de pessoas cultivar algo que marcou uma época também é divertido. Esse é o caso dos amantes do Fusca. Aqui em Foz do Iguaçu, eles têm um clube para reviver o período em que o carro era o xodó dos brasileiros. 

Criado no dia 10 de março deste ano, o grupo Beetle-Wine-Family hoje reúne 26 pessoas, 37 veículos dos mais variados modelos e épocas e tem até logomarca, boné, camiseta, grupo de WhatsApp e página na rede social Facebook

VÍDEO


Há automóvel original, customizado e até rebaixado. Um dos modelos que chamam atenção é o Fusca Ratão (rat lock) – que parece enferrujado e esteticamente feio, mas engana porque tem uma mecânica perfeita. O carro mais antigo é de 1964; e o mais novo, de 1996. 

Entre exemplares do clube, há até uma “joaninha” – motinho feita com peças de Fusca, cujo motor fica sob um paralama. Montada pelo mecânico Amauri Rat, a “joaninha” vira atração por onde passa.

Os participantes do clube se reúnem para um rolê e organizaram ações assistenciais - Foto: Marcos Labanca

Idealizador do grupo, Mauro Maximiliano, 42 anos, pegou afeição pelo carro porque os pais tiveram um. Ele comprou o próprio Fusca em 2010 para restaurar e levou para casa em 2014. “Eu tenho outros carros, mas no final de semana só uso o Fusca”, conta. 

Os participantes do clube se reúnem com frequência para dar um rolê pela cidade e fazer ações assistenciais, a exemplo da arrecadação de alimentos para famílias e entidades necessitadas. 

Aos finais de semana Mauro Maximiliano sempre dá volta com seu Fusca - Foto: Marcos Labanca

O nome do clube – Beetle-Wine-Family – tem um significado para o grupo. Beetle é Fusca, wine é vinho, que representa a união na religião católica, e family é família. A maioria dos membros é católica. 

Para entrar no grupo, a pessoa interessada precisa participar de dois ou três encontros. Após esse período, os participantes se reúnem e se todos concordarem o novo membro é aceito. 

Com a valorização de carros antigos, encontrar um Fusca hoje com bom preço e em bom estado não é tarefa fácil. Os preços variam de R$ 2,8 mil a R$ 45 mil, conforme o estado do veículo, originalidade e história.  
Foz do Iguaçu tem outros grupos de carros antigos, incluindo Ômega, Clube dos Quadrados, Clube do Vectra, entre outros. 

Histórico 

O Fusca foi idealizado na Alemanha em 1938 a pedido de Hitler. Na época, o líder nazista havia encomendado a Ferdinand Porsche um carro econômico, barato e durável. Assim surgiu o Fusca e a fábrica da Volkswagen. Em 1972, o Fusca foi o carro mais vendido no planeta.

O modelo deu tão certo que Hitler pediu para destruir os primeiros protótipos para ninguém copiar, mas a ideia não surtiu efeito, e o projeto se espalhou pelo mundo afora. 

No Brasil, o Fusca foi fabricado em uma primeira fase entre 1959 e 1986. Em um segundo momento, em 1993, acabou reativado no governo do ex-presidente Itamar Franco e continuou sendo fabricado até 1996. 

X