PTI inicia obras do novo Polo Astronômico de Foz do Iguaçu

Espaço será instalado junto ao Ecomuseu de Itaipu, na Avenida Tancredo Neves; previsão de entrega é para 2025.

Apoie! Siga-nos no Google News

A assessoria do Parque Tecnológico Itaipu (PTI) informou, nessa quarta-feira (3), que estão em andamento as obras do novo Polo Astronômico de Foz do Iguaçu, que substituirá a estrutura que funcionou, entre os anos de 2009 e 2020, na área dos antigos alojamentos da usina de Itaipu.

Leia também:
Fechado há 3 anos, Polo Astronômico de Foz do Iguaçu deve ser reinaugurado em 2024 no Ecomuseu (1/6/23)

O complexo, que terá 670,92 metros quadrados de área construída e equipamentos de última geração, está sendo instalado junto ao Ecomuseu de Itaipu, na Avenida Tancredo Neves, em local de mais fácil acesso para o público – composto por moradores da fronteira, turistas, estudantes e pesquisadores.

Prédio terá equipamentos de última geração. Imagem: Gentileza/PTI
Prédio terá equipamentos de última geração. Imagem: Gentileza/PTI

A atualização do Polo Astronômico, segundo o PTI, contempla “a instalação de um novo planetário com projeções detalhadas das estrelas, galáxias e planetas”, além de “um telescópio de maior alcance e potência”, que será posicionado na área do observatório.

Os investimentos do PTI e de Itaipu na área do Ecomuseu, conforme a assessoria, somam R$ 18 milhões, incluindo um novo espaço, o Itaipu Energia.

“A expectativa é de que a construção física do Polo seja entregue no primeiro semestre de 2025. Após a instalação dos equipamentos, a previsão é de abertura para o público durante a alta temporada do mesmo ano”, comunica o parque.

Assim como sua primeira versão, o novo Polo Astronômico terá como foco o desenvolvimento de atividades educativas e de divulgação científica nas áreas da astronomia, meio ambiente e sustentabilidade, contribuindo também para a ampliação da oferta de atrativos turísticos na Terra das Cataratas.

LEIA TAMBÉM