Comunidade pode solicitar caçambas gratuitas em Foz do Iguaçu

São recolhidos resíduos como restos de construção, madeiras e colchões; veja como pedir o serviço à prefeitura.

Apoie! Siga-nos no Google News

Pedidos de caçamba comunitária gratuita à prefeitura deverão ser feitos presencialmente, no Protocolo Geral do Município (Rua Benjamin Constant, 244, centro), ou via Protocolo Digital, no site. A solicitação precisa partir do líder comunitário.

LEIA TAMBÉM: Dengue em Foz do Iguaçu: R$ 2,9 milhões em multas foram aplicadas a proprietários de terrenos em 2023

Antes, os pedidos eram por aplicativo de gerenciamento. Com a mudança, em vigor a partir do dia 15 de fevereiro, a prefeitura afirma que haverá mais transparência, em que o solicitante poderá acompanhar o processo e terá mais facilidade em protocolar o requerimento.

A iniciativa integra o Programa Caçambas, que atende moradores de comunidades vulneráveis ou de alta incidência de dengue, conforme o mapa de calor de infestação. No ano passado, foram mais de 600 atendimentos, conforme a prefeitura.



O presidente do bairro deve requerer o serviço ao município. É ele quem também será responsável por ajudar na definição dos locais de instalação e comunicar os moradores sobre o descarte correto, para cumprir as normas ambientais.

Nas caçambas comunitárias, é possível descartar resíduos domésticos, que não são recolhidos pelas coletas de rejeitos ou de recicláveis, como:

  • restos de construção civil;
  • madeiras;
  • colchões;
  • galhos, os quais devem ser colocados no lado de fora.

“É proibido o descarte de materiais que cheguem em caminhões ou caminhonetes”, reforça a Agência Municipal de Notícias. Esse volume deve ser levado ao Aterro Sanitário, onde o recebimento em veículos particulares também é gratuito.

Mas atenção: lâmpadas, baterias, telhas e outros materiais perigosos precisam ser devolvidos no local de compra ou deixados em pontos de coleta específicos. A Secretaria de Meio Ambiente mantém um WhatsApp para informações e orientações: (45) 3308-2165.

Caçambas

O projeto possui 30 equipamentos para recolhimento de inertes. Em 2023, foram realizados 614 atendimentos em diferentes comunidades da cidade, com a coleta de 762 toneladas de materiais, que receberam a destinação correta.

LEIA TAMBÉM