O presidente Alberto Fernández e comitiva, no sábado, no Parque Nacional Iguazú. Foto Agência Télam

Argentina (só agora!) começa a pensar em reabrir fronteira com Foz

O presidente Alberto Fernández esteve sábado (14) em Puerto Iguazú e reconheceu a crise do turismo no país.

A Argentina lançou uma segunda etapa de um programa de incentivo ao turismo interno.

E o lançamento foi feito pelo presidente Alberto Fernández em Puerto Iguazú, que amarga uma grave crise desde o fechamento da fronteira, em março do ano passado.

O presidente não falou de reabrir fronteira, mas mandou mensagem a hoteleiros e donos de restaurantes, como noticia a agência Télam.

“Muitos tiveram que fechar seus bares, seus restaurantes e seus hotéis. Mas nós vamos ajudar para que voltem a abrir.”

Já o ministro do Turismo, Matías Lamens, adiantou que estão sendo preparados planos especiais para o turismo estrangeiro.

Com a ressalva: os planos são para “quando pudermos abrir as fronteiras, de acordo com a condição epidemiológica”.

PROJETO-PILOTO

Por sua vez, o governador de Misiones, Oscar Herrera Ahuad, que nem em pesadelos cogita reabrir a fronteira de Posadas com o Paraguai, defendeu a implantação de um projeto-piloto “de reabertura gradual da ponte fronteiriça internacional com Foz do Iguaçu”.

Ao portal Economis, o governador ressaltou a diferença entre Foz do Iguaçu e a cidade paraguaia de Encarnación, fronteira com Posadas.

A realidade sanitária é diferente, disse. Os brasileiros não iriam procurar serviços de saúde na Argentina, o que ele acha que aconteceria com os paraguaios.

Quanto ao projeto-piloto de reabertura da fronteira com Foz, poderiam entrar na Argentina os brasileiros com vacinação completa contra covid-19 ou teste negativo para o vírus.

Na verdade, a principal diferença é que Foz levaria dinheiro ao lado argentino; na fronteira com o Paraguai, ocorreria o contrário.

Desde que a fronteira entre Posadas e Encarnación foi fechada, a província viu aumentar celeremente sua arrecadação.

Os argentinos passaram a comprar no mercado local tudo o que iam buscar do outro lado, a preços mais em conta.

Mas isso o governador de Misiones não lembrou, preferindo destacar a “realidade sanitária” diferente.

INCENTIVO

O programa de incentivo ao turismo interno, o Previajes, teve sucesso em sua primeira edição, no ano passado, segundo a agência Télam.

O programa injetou 15 bilhões de pesos na economia e beneficiou 600 mil turistas, movimentando 13 mil centros turísticos e 100 mil comércios.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 999 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ