Anoitecer na região central de Foz - Foto: Marcos Labanca

Ações de fiscalização em Foz resultam em 26 multas no feriado prolongado

Punições são por circulação de pessoas após as 20h e aglomerações clandestinas.

As ações de fiscalização em Foz do Iguaçu durante o feriado prolongado de Corpus Christi, de quinta-feira a domingo (3 a 6), resultaram na aplicação de 26 multas. As punições, em diferentes regiões da cidade, foram por descumprimento do toque de recolher a partir das 20h e aglomerações clandestinas.

No período, também ocorreram mais de duas mil vistorias, entre fiscalizações em barreiras sanitárias e nos bairros, segundo a Agência Municipal de Notícias (AMN). As abordagens foram feitas por equipes da prefeitura e integrantes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU).

Foram interpelados 2,2 mil condutores e passageiros nas barreiras sanitárias, em que foi exigido teste RT-PCR negativo de quem pretendia entrar em Foz do Iguaçu pela fronteira. “Cerca de 300 veículos foram orientados a retornar ao Paraguai. As autuações foram em diversas ruas próximas à Ponte da Amizade”, registrou a AMN.

A gestão municipal reforça os canais de denúncia sobre aglomerações e atividades que contrariem os decretos preventivos à covid-19. “Contamos com o apoio da população com as denúncias, para que possamos coibir essas infrações”, destacou o diretor de Fiscalização, Nilton Zambotto.

As chamadas da população iguaçuense podem ser realizadas para o telefone 199 ou aplicativo 156 Foz, informando data e local. “Ainda que os fiscais não cheguem a tempo de flagrar o descumprimento, essas informações possibilitam que a Secretaria Municipal de Fazenda puna os responsáveis”, frisou a AMN.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1163 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ