Foz do Iguaçu registra 229 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Faltando nove dias para terminar, novembro chega a 2.645 casos e ultrapassa julho, até então o pior mês em quantidade de diagnósticos positivos da doença.

H2FOZ – Paulo Bogler 

Com 2.645 casos de covid-19, os 21 dias de novembro já superam julho em ocorrências da doença, quando foram registrados 2.447 diagnósticos, até então o pior mês da pandemia, considerando o contágio. Os dados são do boletim epidemiológico deste sábado, 21, divulgado pela Prefeitura de Foz do Iguaçu.

Leia também:

Os (chocantes!) números da covid-19 em Foz, no PR, Brasil e países vizinhos

Somente nas últimas 24 horas, 229 pessoas foram confirmadas com a doença em Foz do Iguaçu. Esse número é o mais alto em casos diários desde o início da pandemia, em março deste ano, equiparando-se ao aferido no último dia 11 de novembro, quando também foram 229 registros.

Com a transmissão da doença avançando, 12.109 pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus na cidade, das quais 11.302 são consideradas recuperadas pelo serviço de saúde. A média móvel de casos diários está em 149,29 neste sábado, dia 21. Há 14 dias, esse índice era de 98,29, em 7 de novembro.

Mais uma pessoa morreu por covid-19 no município, totalizando 172 óbitos. Uma mulher de 56 anos, internada no Hospital Ministro Costa Cavalcanti desde 9 de novembro, faleceu na noite dessa sexta-feira, 20. “O quadro se agravou com pneumonia e síndrome respiratória aguda grave”, informou a Agência Municipal de Notícias.

Casos ativos

Os casos ativos da doença em Foz do Iguaçu chegam a 635. Desses, 531 estão em isolamento domiciliar, e 104 pacientes se encontram internados. Dos 229 novos casos registados nas últimas 24 horas, 121 são mulheres e 108 são homens, com idades entre 10 meses e 96 anos.

Relação de casos e mortes mensais, desde o início da pandemia:

março: 13 casos e nenhuma morte;

abril: 36 casos e 2 mortes;

maio: 79 casos e 1 morte;

junho: 768 casos e 8 mortes;

julho: 2.447 casos e 19 mortes;

agosto: 1.732 casos e 31 mortes;

setembro: 2.173 casos e 42 mortes;

outubro: 2.216 casos e 41 mortes; e

novembro (21 dias): 2.645 casos e 28 mortes.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.