Retorno das aulas presenciais nos colégios estaduais do Paraná é suspenso

Redes estadual e municipal em Foz permanecerão com aulas remotas; escolas particulares poderão reabrir segunda-feira, 15, com restrições. 

Diante da gravidade da pandemia de covid-19, o retorno das aulas presenciais na rede estadual de educação foi suspenso nesta sexta-feira, 12. O Governo do Paraná pretendia reabrir os colégios na próxima segunda-feira, 15. As aulas aos estudantes seguem de forma remota.

Em nota, a Secretaria de Estado da Educação (Seed) afirmou que o retorno será decidido na semana que vem, após avaliação da situação dos hospitais e dos casos de covid-19. O adiamento da volta às aulas “levou em consideração o cenário da pandemia”, pontuou

“As aulas vão continuar de forma remota com os encontros virtuais realizados pelos professores no horário combinado no calendário da unidade educacional”, informou a Seed. “Sem prejuízo da formação educacional de milhares de jovens e adolescentes”, completou.

A APP-Sindicato/Foz relatou que durante toda a semana, educadores intensificaram a cobrança para que a gestão estadual prorrogasse a suspensão da volta às aulas em sala e atividades nos colégios.

“Depois do enorme desgaste de trabalhadores, estudantes, pais e mães de alunos, o governo confirmou o adiamento do retorno presencial”, enfatiza o presidente da APP-Sindicato/Foz, Diego Valdez. “Essa demora só gerou incerteza e apreensão em todos.”

Em assembleia, educadores da rede estadual aprovaram greve pela vida, caso o Governo do Paraná decida reabrir escolas sem o efetivo controle da pandemia. Desde março do ano passado, os profissionais seguem trabalhando por meio de aulas remotas.

No município

A Prefeitura de Foz do Iguaçu informou que as aulas presenciais na rede municipal de ensino não serão retomadas agora, prevendo esse retorno no dia 29 de março. A decisão será com base no “cenário epidemiológico” da cidade.

A secretária municipal de Educação, Maria Justina da Silva, explicou que a decisão foi tomada a partir de pareceres técnicos do setor de saúde. “Há necessidade de continuarmos nos cuidando, porque isso vai fazer a diferença para o retorno”, disse.

A gestão, entretanto, autorizou o retorno das aulas presenciais curriculares na rede particular, a partir de segunda-feira, 15, com restrições. Essa decisão abrange as etapas da educação infantil 4 e 5 e 1º ao 5º ano do ensino fundamental.

As instituições, segundo a prefeitura, deverão adotar “protocolos sanitários para evitar a disseminação do coronavírus”. Essas medidas incluem a observância de 30% da capacidade de alunos por sala, ofertando também as atividades pela internet para as famílias que optarem pelo ensino remoto.

(Com informações da Secretaria de Estado da Educação, APP-Sindicato/Foz e Agência Municipal de Notícias)

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.