Lockdown em Foz, no fim de semana, vai impactar diretamente em Ciudad del Este

O anúncio de restrições mais fortes em Foz do Iguaçu e municípios da 9ª Regional de Saúde, nos próximos dois finais de semana, terá “um alto impacto no movimento comercial de nossa cidade, onde vivemos do turismo de compra”, lamentou a empresária Natalia Ramírez Chan, ouvida pelo jornal Última Hora.

Segundo ela, quando os compradores brasileiros ouvem falar em confinamento, automaticamente deixam de vir à fronteira. Ela avalia que Ciudad del Este está longe de uma recuperação econômica.

“Muitos se prepararam para um ano melhor, mas hoje a situação é imprevisível. Não sabemos o que pode acontecer amanhã, tudo é muito dinâmico. Na semana passada os números de infectados (em Foz) eram baixos e hoje tudo isso muda”, disse.

PREOCUPAÇÃO COM AUMENTO DE CASOS

O jornal paraguaio lembra que, depois de o número de casos diminuir para uma média de 50 por dia, na quarta-feira, 12, Foz registrou 161 novos casos, e a média diária subiu para 140. Nos municípios da 9ª Regional de Saúde há mais de 50 mil infectados pelo coronavírus, desde o início da pandemia, com 1.071 mortes, das quais 813 só em Foz do Iguaçu.

“Depois de ter um mês de abril bastante tranquilo, com uma redução de 50% dos infectados pela enfermidade e também de mortes, em relação a março, que foi o mês mais mortal da pandemia, permitindo afrouxar as restrições para dinamizar a economia na cidade, o vírus voltou com força a afetar a população, obrigando as autoridades municipais a tomar medidas mais drásticas, como o confinamento total”, historia o Última Hora.

O que mais preocupa as autoridades sanitárias, diz ainda o jornal, é o aumento dos quadros graves da doença em pacientes relativamente jovens, o que fez aumentar a ocupação dos leitos para 100% no hospital municipal.

Como os casos aumentaram também nos municípios vizinhos a Foz, os prefeitos decidiram pelo blockdown no próximo final de semana e no seguinte. Atividades em geral, com exceção das essenciais, ficam proibidas das 17h de sábado, 15 até 5h de segunda-feira, 18. A circulação de pessoas não é permitida de 18h de sábado às 5h de segunda.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.