Parte da reserva do Monumento Científico Moisés Bertoni pegou fogo

H2FOZ

A reserva natural que forma parte do Monumento Científico Moisés Bertoni, em Presidente Franco, no Paraguai, teve queimada uma grande área, no sábado (19), informa o jornal La Nación.

Além dos bombeiros de Presidente Franco, foi preciso acionar também os de Ciudad del Este, para conter as chamas.

A área do museu compreende uma reserva protegida de 199 hectares, que inclui um remanescente da Mata Atlântica.

Em tempos normais, a área é aberta à visitação. Foto Divulgação

O Monumento Científico Moisés Bertoni se localiza a 25 quilômetros do centro de Presidente Franco e guarda as 524 obras que escreveu, entre livros, folhetos e outras publicações, em sete idiomas.

Como legado, Bertoni deixou uma coleção com 43.600 peças. A coleção botânica tem 250 espécies; o herbário, 6.800 espécies; a coleção florestal, 350 peças. Só de insetos a coleção tem 6.500 peças.

O “sábio Bertoni”, como era conhecido, morreu em 19 de setembro de 1929 (curiosamente, no mesmo dia e mês em que foi registrado o incêndio, ontem).

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.