Produtor brasileiro consegue escapar de sequestradores paraguaios

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

O produtor agrícola brasileiro Luís Carlos Tamiozzo, de 61 anos, foi encontrado no início da manhã desta quinta-feira (23), na localidade de Tava'i, Departamento de Caazapá, de onde havia sido sequestrado no dia 13 de junho, informa o jornal Última Hora, em sua edição on line.

Ele contou que conseguiu escapar quando o seu captor foi buscar mantimentos. Luís Carlos disse que estava cansado, mas que enfim se sentia seguro.

“O homem (o captor) foi buscar comida no outro lado do riacho. Aí eu fiquei no riacho e percebi que ele estava longe e que dava para escapar até a casa do vizinho, do outro lado da cerca”, detalhou o empresário agrícola à Telefuturo, segundo Última Hora.

Contou, também, que dois homens estavam encarregados de cuidar para que não fugisse. Com eles, a vítima de sequestro caminhava todas as noites, em áreas de mato.

Agora, a polícia está atrás desses dois homens, que continuam foragidos. Um dos outros responsáveis pelo sequestro está detido.

A promotora Zunilda Ocampos, encarregada das investigações, disse que já havia informações de que o produtor seria liberado, já que seus captores tinham que sair para pedir alimentos, depois da detenção dos outros sequestradores.

“Efetivamente, Tamiozzo manifestou que um dos homens vinha pressionando algumas pessoas, com arma de fogo, para que lhe dessem alimentos”. Na madrugada desta quinta-feira, o produtor conseguiu fugir e entrar numa propriedade vizinha, onde ficou escondido dentro da casa”, contou a promotora.

O sequestro do brasileiro ocorreu no sábado, 13 de junho, na colônia Ouro Verde de Tavaí, quando três homens, com máscaras e armas de fogo, entraram no estabelecimento rural da vítima. O encarregado, Eduardo Rey Molas, foi surpreendido e amarrado, até a chegada do patrão, Luís Carlos Tamiozzo.

César Ramón Acosta, primeiro a ser preso.

No domingo, 19, a Polícia Nacional, chegou até o local onde estava o sequestrado. Um dos sequestradores, César Ramón Acosta, tentou reagir, mas foi detido. O outro fugiu, levando junto a vítima.

Há outros dois acusados do sequestro, além de Acosta: Reinaldo Noldin Cáceres e José Arturo Costa Espínola.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.