H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Por: H2FOZ | Paulo Bogler

Decreto autoriza aumento da capacidade de público em supermercados e no comércio de atacado e varejo

Decreto autoriza aumento da capacidade de público em supermercados e no comércio de atacado e varejo
Comércio na área central de Foz do Iguaçu (Foto: Marcos Labanca/H2FOZ)

H2FFOZ - Paulo Bogler 

Em decreto publicado nessa sexta-feira, 9, a Prefeitura de Foz do Iguaçu flexibilizou regras de controle da pandemia de covid-19 no município. Entre as principais medidas, está a autorização para o aumento do fluxo de pessoas em supermercados e no comércio em geral. 

A normativa da prefeitura também estabelece a volta de atividades e competições esportivas nos centros de convivência. Poderão ser retomadas ainda, a partir de 19 de outubro, as aulas de natação e hidroginástica realizadas no Ginásio Costa Cavalcanti. 

Pelo decreto, permanece proibido o funcionamento de brinquedos infantis coletivos, sejam eles públicos ou privados.

As novas regras permitem:

- supermercados: aumento do fluxo de pessoas nos estabelecimentos passa de 30% para 50%; 

- comércio varejista e atacadista, bancos e academias: ampliação da capacidade de atendimento 50% para 75%; 

- centros de convivência: retorno da ginástica, hidroginástica e atividades esportivas, a partir de 13 de outubro; volta das competições esportivas, a partir de 17 de outubro; 

- Ginásio Costa Cavalcanti: aulas de natação e hidroginástica, a partir de 19 de outubro; e 

- atividades religiosas coletivas: realizadas com até 50% da capacidade instalada do espaço religioso, com cadeiras/assentos dispostos para o distanciamento de 2m entre as pessoas. 

A definição para a limitação a 75% da capacidade do público no comércio deve ter como referência o projeto técnico de prevenção a incêndio e desastre aprovado pelo Corpo de Bombeiros. Os estabelecimentos, conforme o decreto da prefeitura, deverão controlar o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas e o cumprimento do Termo de Responsabilidade Sanitária.

No decreto, a prefeitura afirma que as medidas adotadas serão “reavaliadas periodicamente”, de acordo com a orientação do Grupo Técnico de Avaliação Epidemiológica e Assistencial para enfrentamento da Covid-19 em Foz do Iguaçu.

Acesse o decreto na íntegra. 

Covid-19 em Foz 

Conforme o boletim epidemiológico de sexta-feira, Foz do Iguaçu totaliza 7.693 casos de covid-19, desde o início da pandemia, dos quais 7.373 pessoas estão recuperadas. Entre os casos ativos, 138 pacientes estão em isolamento domiciliar e 66 estão internados nos hospitais iguaçuenses. Na cidade, 116 pessoas perderam a vida devido à infecção pelo novo coronavírus.