Guias e motoristas vão atuar em programa de turismo para moradores de Foz 

H2FOZ – Paulo Bogler 

Renda mínima para profissionais autônomos do turismo, sem trabalhar há cinco meses, e meio de incentivo ao morador de Foz do Iguaçu para que ele conheça os atrativos da cidade. É o que propõe o programa Foz Conhecendo Foz, aprovado nesta sexta-feira, 14, pela Câmara de Vereadores. 

A proposta foi posta no lugar da reivindicação feita pela categoria, ainda em maio deste ano, que previa auxílio emergencial de um salário mínimo a guias e motoristas. Suas atividades foram completamente interrompidas devido às medidas de contingenciamento contra o novo coronavírus, que suspendeu temporariamente a visitação nos atrativos turísticos iguaçuenses. 

De acordo com o diretor-secretário da Liga Independente dos Guias de Turismo de Foz do Iguaçu (Liguia), Alexandre Barbosa, a mudança na proposta ocorreu devido a um parecer jurídico. “O programa substitui o auxílio emergencial, que não contemplaria todos os guias, conforme parecer do Tribunal de Contas do Estado”, explicou ao H2FOZ

Segundo Alexandre, o Foz Conhecendo Foz prevê orçamento do município de R$ 3 milhões e deverá ter três meses de duração, de setembro a novembro. A iniciativa vai contemplar cerca de 600 guias, além de motoristas de veículos de turismo, com renda de aproximadamente um salário mínimo, fixado em R$ 1.045. 

No programa, guias e motoristas exercerão suas respectivas atividades conduzindo moradores de Foz do Iguaçu aos principais pontos turísticos. “Agora vêm os pormenores. Os técnicos da prefeitura farão os ajustes, e o projeto será executado por meio de uma entidade, que fará o chamamento, e os profissionais deverão comprovar a atuação na área”, relatou o dirigente da Liguia.  

“É um programa de extrema importância, pois estamos há cinco meses sem trabalho e sem nenhuma renda.”

“É um programa de extrema importância, pois estamos há cinco meses sem trabalho e sem nenhuma renda por causa da pandemia”, enfatizou. “Boa parte dos profissionais não tem outra habilidade e muitos estão com sérios problemas econômicos e psicológicos”, revelou Alexandre Barbosa. 

O Foz Conhecendo Foz é de autoria do Poder Executivo. Teve início a partir de contato da direção da Liguia com vereadores, que apresentaram uma indicação ao prefeito, a qual resultou na proposta aprovada pelo Legislativo. De acordo com Alexandre, o prefeito Chico Brasileiro sancionou o projeto de lei na tarde desta sexta-feira.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.