Parque Nacional do Iguaçu espera 300 mil visitantes na alta temporada

Até 31 de janeiro, unidade de conservação abrirá uma hora mais cedo, com reforço no atendimento em todo o circuito.

Apoie! Siga-nos no Google News

Atrativo mais visitado de Foz do Iguaçu, o Parque Nacional do Iguaçu espera receber mais de 300 mil visitantes no período entre 23 de dezembro e 31 de janeiro, quando abrirá uma hora mais cedo, a partir das 8h, para ampliar a comodidade de turistas e moradores da região de fronteira.

Leia também:
Lado argentino inaugura exposição sobre a história das Cataratas

De acordo com a concessionária Urbia Cataratas, a perspectiva é de 80 mil acessos ao lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu entre 23 e 31 de dezembro, com pico nos últimos dias do mês. Para janeiro, a previsão gira em torno de 230 mil visitas, com destaque para o público nacional, que deverá representar mais da metade dos ingressos vendidos.

Durante toda a alta temporada do turismo em Foz do Iguaçu, o parque terá reforço no atendimento, com disponibilização de equipes adicionais em locais como o Centro de Visitantes, a Trilha das Cataratas e o Espaço Porto Canoas. A frota de ônibus também será otimizada, agilizando as operações de embarque e desembarque.



“Estamos totalmente preparados para proporcionar uma experiência única aos turistas que escolhem explorar as maravilhas naturais e culturais do nosso destino. Nossa equipe dedicada está empenhada em garantir que cada visitante tenha uma experiência segura, confortável e inesquecível”, afirma o CEO da Urbia Cataratas, Munir Calaça.

Além das visitas convencionais, feitas diariamente, com primeira saída às 8h e último horário para entrada às 16h, os visitantes poderão usufruir roteiros especiais, como o “Amanhecer nas Cataratas”, que terá edições todas as quintas e sábados, a partir das 5h30.

Os ingressos para o Parque Nacional do Iguaçu são vendidos no endereço oficial www.cataratasdoiguacu.com.br, com agendamento de dia e horário. Moradores de Foz do Iguaçu e municípios lindeiros à unidade de conservação têm direito aos descontos do Passe Comunidade (clique aqui para saber mais).

LEIA TAMBÉM