Cadê a chuva desta terça? Ficou pra quarta, quinta… ou sexta-feira

Dizem que o horizonte vermelho, ao amanhecer, é sinal de chuva durante o dia. Foto: Patrícia Iunovich/Facebook

Previsões do tempo mudam mais do que políticos mudam de partidos.

Estava lá, na matéria publicada pelo H2FOZ no domingo, 20, primeiro dia de outono: previsões unânimes de chuva na terça-feira, 22.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Mas os meteorologistas são como políticos: mudam as previsões como os políticos mudam de partido. Ambos têm lá suas razões, mas a dos meteorologistas é mais séria: acertar como fica o tempo, em Foz, é quase tão difícil quanto ganhar na loteria.

Ah, sim, e há os que não desistem nunca: os do Inmet, por exemplo, continuam indicando chuva pra esta terça, inclusive com trovoadas isoladas, mas só no período da noite.

Pra ser justo, o pessoal do Climatempo também mantém a possibilidade de chuva rápida durante o dia e à noite.

Mudaram em definitivo pra tempo bom os serviços Simepar (0% de chance de chover), AccuWeather (“um pouco de sol, tornando-se nublado”) e Sistema Faep (“precipitação: 0mm”).

QUANDO CHOVE

Feitas as ressalvas, vamos ver o que está previsto para os próximos dias, a começar pela chuva, produto raro no mercado climático de Foz.

Simepar: chove pouco na quarta (2,9 mm), mais que moderadamente na quinta (32,7 mm) e forte na sexta-feira (acumulado de 75,8 mm).

Inmet: encoberto na quarta, nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas na quinta e na sexta-feira.

Sistema Faep: chove na quarta (98% de chance), na quinta (100%) e na sexta-feira (100%).

AccuWeather: tempestade em partes da região, na quarta-feira (80% de chance); “pancadas de chuva e tempestades, algumas intensas”, na quinta (100%); e “algumas pancadas de chuva” na sexta-feira (83%).

Climatempo: chuva rápida durante o dia e à noite, na quarta-feira (90% de possibilidade); “chuva a qualquer hora” na quinta-feira (90%); e idem pra sexta-feira (90%).

Sim, amanheceu avermelhado, em Foz. Mas depois “alaranjou” e até amarelou. Como fica, então? Foto: Patrícia Iunovich/Facebook

TEMPERATURAS

O belo cavalo, nos arrabaldes de Foz, nada sabe de previsão do tempo. Mas sabe que a época, agora, é melhor que a da secura, que quase lhe tirava o bom capim da refeição. Foto: Patrícia Iunovich/Facebook

Em Foz do Iguaçu, a previsão de temperaturas é fundamental. Os serviços podem até errar, mas quando dizem que vai refrescar já é um alívio. Será que é o caso?

Por incrível que pareça, há certa unanimidade em relação a isso. Pode variar um pouco na questão de quando começa a cair a temperatura, mas está identificado isso.

Para o Simepar, temperatura máxima cai para 27° na quinta e 22° na sexta-feira. Já o Inmet garante a queda para 26° na sexta-feira (na quinta, fica ainda em 32°).

Para o Climatempo, máxima reduz para 27° na quinta e 25° na sexta-feira. Para o AccuWeather, 26° na quinta e 22° na sexta. E para o Sistema Faep, 28° na quinta e 25° na sexta-feira.

Não é de estranhar. Já são temperaturas de outono, bem mais amenas que as do “verão senegalesco” em Foz, com perdão do lugar comum.

Pra esclarecer, este lugar comum – “calor senegalesco” – surgiu porque o Senegal, na África, é um dos países mais quentes do mundo. E é quente até no inverno.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.