Retomada: turismo de Foz do Iguaçu leva vantagem por ser destino de natureza

Adélio Demeterko durante entrevista para a Rádio Clue FM - Foto: Carlos Sossa

Adélio Demeterko fala sobre o crescimento da visitação nas Cataratas do Iguaçu, a recuperação do destino e o Aquafoz, aquário na cidade com investimento de R$ 100 milhões

Por seus atrativos que ligam experiências das pessoas à natureza, Foz do Iguaçu leva vantagem na recuperação do turismo. A avaliação é diretor da Cataratas do Iguaçu S.A., Adélio Demeterko, em entrevista ao Programa Marco Zero.

Assista à entrevista:

Em sua análise, já há um outro ânimo, e as pessoas estão vivenciando um ambiente de confiança, o que faz com que as decisões de viagem comecem a acontecer. Para Adélio, o aumento da visitação ocorre mês a mês, conforme os registros dos principais atrativos iguaçuenses.

O Marco Zero é um programa conjunto produzido pelo H2FOZ e Rádio Clube FM. Entrevista, opinião, enquete, entretenimento, esporte, cultura e agenda. Todo sábado, das 10h às 12h. Participe do grupo no Whatsapp para receber as novidades. Clique aqui.

O gestor afirma que Destino Iguaçu praticamente já retomou o número de turistas brasileiros, restando a recuperação entre os viajantes internacionais. Historicamente, antes da pandemia, metade dos turistas que Foz do Iguaçu recebia vinha de outros países.

“Há um outro ânimo. Turismo é experiência, as pessoas viajam para viver momentos felizes. O que a gente percebe é que as pessoas estão em um ambiente de confiança”, declarou. “As decisões por viagens têm a frequência aumentada”, avaliou.

No feriadão de outubro, as Cataratas do Iguaçu, carro-chefe da visitação turística iguaçuense, receberam 20 mil visitantes. No mês, o atrativo contabilizou 78 mil pessoas, um aumento de 17% em relação ao mês anterior. A expetativa é grande no feriado prolongado de novembro e na alta temporada.

“A pandemia trouxe muitos ensinamentos, como valorizar mais momentos com a família, com os amigos e com natureza”, ressaltou Adélio Demeterko. “Foz do Iguaçu leva vantagem como atrativo turismo de natureza que é, porque existe uma nova consciência em torno da relação entre as pessoas e o meio ambiente”, destacou.

Na entrevista, Adélio falou, claro, sobre outra sua paixão, que é o Foz Cataratas, time de futsal da cidade que disputa os principais torneios brasileiros. Também abordou o Aquafoz, um dos mais emblemáticos aquários de água doce do mundo e que está sendo implantado no município.

“Está em fase de conclusão do licenciamento, e os projetos estão todos em fase avançada, como os estudos para definir população de espécies de peixes”, relatou ao Marco Zero. “É um sonho, e estou muito feliz de fazer parte dele. Será mais uma grande atração turística que agregará muito valor ao destino para a família toda dos visitantes”, frisou Adélio.

O Aquafoz, também empreendimento do Grupo Cataratas terá 3,5 milhões de litros de água e investimento de aproximadamente R$ 100 milhões. O aquário será uma vitrine para espécies que povoam os rios Iguaçu e Paraná, alcançando a patente de um dos maiores do mundo.

Leia também:

Parque Nacional do Iguaçu recebeu 78 mil visitantes em outubro

Marco tem o melhor mês de visitação desde a reabertura

Grupo Cataratas anuncia construção do AquaFoz, o Aquário de Foz; investimento de R$ 100 milhões

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1465 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.