Entre muamba apreendida em ônibus, havia 140 kg de camarão (sem refrigerar)

A aparência está boa, mas... e depois de horas de viagem? Foto RF

Até chegar ao destino, o que aconteceria com o camarão? Seria azar de quem comprasse ou consumisse.

A Receita Federal e o BPFron, em operação de rotina no Posto de Fiscalização da PRF em Santa Terezinha de Itaipu, retiveram na quarta-feira, 27, dois ônibus carregados com mercadorias importadas de forma irregular, além de não possuírem autorização da ANTT para viajar.

Nos bancos de passageiros e até nos corredores, foram encontrados vinhos, eletrônicos, cigarros, cosméticos, brinquedos e alimentos, no valor total de R$ 600 mil.

Mas o mais grave é que no bagageiro de um dos ônibus havia duas caixas de isopor com 140 quilos de camarão da Argentina, sem nenhum tipo de refrigeração.

Como os camarões não passaram pelo controle sanitário, serão destruídos, já que não se sabe se são próprios para consumo.

As mercadorias e os ônibus foram encaminhados à sede da Receita Federal em Foz do Iguaçu. Ninguém foi preso durante a operação, mas serão enviadas Representações Fiscais ao Ministério Público para apuração dos ilícitos.

Veja fotos feitas pela Receita Federal:

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Assessoria

Este texto é de responsabilidade de assessoria da imprensa institucional e/ou empresarial. Veja mais conteúdo do autor.

Assessoria tem 662 posts e contando. Ver todos os posts de Assessoria

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.