H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Em vídeo, senador se protege com guarda-chuva dos ovos jogados pela Comissão Escrache

Em vídeo, senador se protege com guarda-chuva dos ovos jogados pela Comissão Escrache

Em vídeo, senador se protege com guarda-chuva dos ovos jogados pela Comissão Escrache


https://media.ultimahora.com/adjuntos/161/videos/008/506/0008506298.mp4

Mesmo dizendo que errou ao apoiar o senador Ulises Quintana, preso por acusação de enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro, associação criminosa e tráfico de drogas, o senador Enrique Bacchetta continua sendo vítima da Comissão de Escrache, aquela que pune com o que tiver à mão - ovos, papel higiênico e água - os acusados de corrupção.

Bacchetta é presidente de um órgão da Justiça que cuida de ajuizar ações e remover magistrados e promotores, quando cometem delitos ou têm mau desempenho de funções.

Foi como tal que, pelo Twitter, ele manifestou apoio ao colega senador, considerando que ele era vítima de injustiça. 

A promotora Lorena Ledesma, que investigou o caso do senador Quintana, havia ameaçado deixar o cargo, depois do apoio de Baccheta ao acusado. Ela considerou a manifestação uma ameaça direta ao trabalho que estava realizando.

O senador Ulises Quintana ainda não foi julgado pelos crimes de que é acusado, mas está preso desde 21 de setembro do ano passado, na penitenciária militar, porque teria intermediado a liberaão de uma quantidade de dinheiro apreendida do traficante Cucho Cabaña, também preso.

Escrache

Antes de ser preso, Quintana foi várias vezes vítima da Comissão Escrache. Depois de seu apoio a ele, foi a vez do senador Bacchetta passar por maus pedaços. Onde ele vai, é recebido com vaias e ovos.

O último escrache foi nesta terça-feira, 7, na frente do órgão que ele preside. Os manifestantes querem que ele deixe o cargo. É que, mesmo pedindo desculpas, o senador continua apegado ao Juizado.