H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Por: Denise Paro - Especial para o H2FOZ

Foz do Iguaçu lidera número de óbitos da gripe no Paraná

Foz do Iguaçu lidera número de óbitos da gripe no Paraná
A gripe e o resfriado têm em comum a coriza e o mal estar (Foto: Divulgação)

Os casos de gripe preocupam o setor de saúde de Foz do Iguaçu. A cidade lidera o número de óbitos entre os 399 municípios do estado. Desde janeiro deste ano, foram registradas 15 mortes, 14 decorrentes do vírus H1N1 e uma provocada por H3. Entre as vítimas, um total de 12 tinha mais de 60 anos e 14 apresentava comorbidades, ou seja, doenças pré-existentes, tais como tuberculose, doenças cardíacas, neurológica, diabete entre outras. 

No mesmo período, Foz do Iguaçu registrou 42 casos de influenza (gripe) com 15 mortes. A capital Curitiba, que registra o maior número de óbitos depois de Foz do Iguaçu, teve 101 casos com 14 mortes. 

Em entrevista ao Marco Zero, programa conjunto do H2FOZ e Rádio Clube FM, o enfermeiro Eduardo Putton, da Vigilância Epidemiológica, ressaltou a importância da vacinação para a prevenção da doença. Entre as 12 pessoas acima de 60 anos que entraram em óbito em Foz, 10 não foram vacinadas. Também foram vítimas da gripe na cidade uma mulher de 38 anos, um homem de 58 anos e um bebê de 7 meses. 

Eduardo Putton, alguns cuidados simples podem ser tomados para evitar a gripe

Putton esclareceu que a vacina não provoca a gripe. A vacina começa a surtir efeito entre duas a três semanas após a imunização. Por isso, pode haver uma coincidência da pessoa ter se vacinado e logo depois de alguns dias ficar gripada. Neste caso, ela adquiriu a gripe antes da vacina começar a fazer efeito. 

Outro ponto importante é diferenciar gripe de resfriado. Quando se trata de resfriado, há mais de 200 tipos de vírus. A vacina, pontua, é específica para combater a gripe e não faz efeito em casos de resfriado. 

A gripe e o resfriado têm em comum a coriza e o mal estar. No entanto, quando adquire gripe a pessoa tem febre de início súbito que atinge de 38 a 39 graus. Já a febre no resfriado chega a cerca de 37,5 graus. “Derrubou você, foi para a cama, é gripe”, disse Putton.

Em casos de gripe, o enfermeiro esclarece que é importante evitar a automedicação e procurar um médico. 

Alguns cuidados simples podem ser tomados para evitar a gripe

. Tomar vacina 
. Caso espirre na mão, a recomendação é lavá-la imediatamente como água e sabão e também utilizar álcool gel. 
. Evitar colocar as mãos nos olhos e na face.
. Se estiver em local fechado, tente abrir janela para o ar circular. 

A oferta da vacina na rede pública terminou em maio. Quem quiser se vacinar terá que procurar a rede privada. 

VEJA a entrevista na íntegra: