H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Por: Paulo Bogler

Prefeitos da região fazem reunião emergencial para tratar do 'agravamento da pandemia'

Prefeitos da região fazem reunião emergencial para tratar do 'agravamento da pandemia'
Reunião virtual dos prefeitos da Região Oeste (Foto: Divulgação)

H2FOZ - Paulo Bogler 

Com o aumento do número de casos confirmados e mortes decorrentes da covid-19, cerca de 40 prefeitos participaram de reunião virtual nesta quarta-feira, 17, promovida pela Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (AMOP). Além de sugestões aos municípios, a pauta será debatida com o Governo do Estado. 

Os prefeitos aprovaram a criação de uma comissão que irá a Curitiba (PR) reunir-se com o governador Ratinho Junior (PSD) e o secretário estadual de Saúde, Beto Preto. O objetivo é buscar alternativas para enfrentamento ao novo coronavírus. 

Entre as ações defendidas pelos prefeitos do Oeste está a abertura de novos leitos hospitalares nas cidades da região. A capacidade de atendimento da estrutura atual disponível já está próxima do limite, informou a assessoria da AMOP. 

“Hoje, a Região Oeste está no epicentro da pandemia no estado, e medidas urgentes precisam ser adotadas, não somente por parte de prefeitos, governador e deputados, mas também por parte de toda a sociedade”, declarou o presidente da AMOP, Rineu Menoncin, o Teixeirinha.

Ele lembrou que, assim como o poder público, a população também deve contribuir para o enfrentamento da pandemia, adotando as medidas sanitárias recomendadas. De acordo com a associação, a taxa média de isolamento regional está abaixo de 40%.

“Não queremos o lockdown, mas, se for necessário, essa medida extrema precisará ser adotada, em nome de vidas que não podem ser perdidas sem que algo seja feito”, asseverou. 

A reunião da AMOP ainda aprovou um conjunto de recomendações às prefeituras associadas. Entre as principais delas estão:

- aumento nas medidas de fiscalização;
- restrição ainda maior no deslocamento de pessoas;
- reforço na divulgação do risco de contágio e outras ações. 

A proliferação da covid-19 vem aumentando em todo o Paraná. No Oeste, a elevação do número de casos em cidades-polos – como Cascavel, Foz do Iguaçu, Toledo e Medianeira – preocupa as autoridades públicas, que consideram a região um “epicentro” da doença no interior do Paraná. 

(Com informações da AMOP)

Veja Também