Câmara repassa à prefeitura R$ 7 milhões em recursos do orçamento não utilizados

Sede da Casa de Leis em Foz do Iguaçu - Foto: Marcos Labanca / Arquivo.

Valor deverá ser investido principalmente no sistema público de saúde iguaçuense, segundo a gestão municipal.

A direção da Câmara de Vereadores formalizou, nessa terça-feira, 21, a devolução aos cofres do município de Foz do Iguaçu da quantia de R$ 7 milhões em recursos que não foram utilizados pelo Legislativo ao longo deste ano. Em 2021, o orçamento total da Casa de Leis estava previsto em R$ 33 milhões.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Segundo o presidente da Câmara, vereador Ney Patrício (PSD), o valor é resultado de “enxugamento de gastos realizados por todos os vereadores”, em valores e contratos, mas não foi informado em quais itens houve economia. No ano passado, a devolução foi de R$ 5,7 milhões; em 2019, o montante foi de R$ 5,2 milhões; e em 2018, R$ 4,7 milhões.

Conforme a gestão municipal, o recurso será empregado especialmente nos serviços ofertados pela rede pública de saúde. Parte do valor deverá ser destinado ao Hospital Municipal Padre Germano Lauck, conveniado à rede estadual para atender também pacientes das cidades da região.

Leia também:

Vereadores pedem R$ 32,5 milhões para orçamento da Câmara no ano que vem

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.