Como está a “Vaca Mecânica” de produção de pão e suco em Foz? Câmara pede explicação

Requerimento à prefeitura pede informações sobre o projeto que já produziu até 33 mil pães e 18 mil saquinhos de suco de soja.

A Câmara de Vereadores aprovou, na sessão desta terça-feira, 9, requerimento cobrando informações da Prefeitura de Foz do Iguaçu sobre o funcionamento do Núcleo de Nutrição e Alimentos, a “Vaca Mecânica”. O projeto destina-se à produção de pão e suco de soja para a população carente e beneficiários de entidades sociais.

O pedido de explicação requer esclarecimento sobre “os motivos pelos quais se encontra desativado [o projeto] e se há alguma previsão de reativá-lo”. A “Vaca Mecânica”, originalmente instalada na Vila Yolanda, produzia 33 mil pães e 18 mil saquinhos de suco de soja por mês, informa a justificativa do requerimento.

Autor do projeto, o vereador Alex Meyer (PP) afirmou que esses itens enriqueciam a merenda escolar e os alimentos fornecidos gratuitamente em unidades públicas de saúde. Durante a sessão, ele disse que os alimentos são fundamentais para atender a população na atual pandemia de covid-19.

“Sabemos dos problemas sociais e dificuldades surgidas com a pandemia. Esse alimento favorece muito a população iguaçuense”, enfatizou o vereador. Outros parlamentares endossaram a importância do pedido de informações que consta no requerimento aprovado pelo Legislativo.

O vereador Karl Stoeckl (PSD) declarou que os pães seguem sendo produzidos e distribuídos por meio do Núcleo de Nutrição e Alimentos. “São oito mil pães por semanas fornecidos principalmente nesta época de pandemia. Chegamos a uns 32 mil pães no mês”, relatou.

Clique para acessar a íntegra do requerimento aprovado.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.