Semana Santa e fim de restrições aumentam movimento nas pontes da fronteira

Veículos na cabeceira paraguaia da Ponte da Amizade. Imagem: Direção Nacional das Aduanas / Paraguai.

Desde o último sábado (9), cresceu a circulação de argentinos, paraguaios e uruguaios pelas pontes em Foz do Iguaçu.

A prévia dos feriados prolongados de Semana Santa e Páscoa, aliada à queda das exigências sanitárias para entrada ou saída da Argentina, vem fazendo com que o volume de viajantes estrangeiros que passam pelas pontes fronteiriças em Foz do Iguaçu esteja em alta desde o último sábado (9).

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Nas redes sociais, circulam vídeos e fotos que mostram turistas em uma longa fila para a fiscalização migratória na cabeceira brasileira da Ponte da Amizade. Os visitantes são, em sua maioria, paraguaios que desejam aproveitar o período de “miniférias” em destinos do litoral brasileiro como Balneário Camboriú (SC) e Florianópolis (SC).

De acordo com o jornal ABC Color, somente no domingo (10), pelo menos 14 ônibus com turistas do Paraguai passaram pela fronteira em direção ao Brasil, além de vans e carros particulares. O principal perfil é de famílias, procedentes de diferentes regiões do país.

Além dos paraguaios, os argentinos estão chegando à região em grande quantidade, seja para permanência em Puerto Iguazú ou Foz do Iguaçu, seja para atravessar a fronteira rumo a outros destinos no Brasil ou no Paraguai. Na hotelaria de Puerto Iguazú, a expectativa de ocupação no período até domingo (17) já está próxima de 100%.

Outro ponto é a circulação de turistas uruguaios. Dados obtidos pelo H2FOZ mostram que, no fim de semana, mais de 1,2 mil viajantes do Uruguai entraram no Brasil pela Ponte Tancredo Neves. A queda das principais exigências sanitárias na Argentina (clique aqui para saber mais) contribui para a retomada da vinda de uruguaios pelas rodovias das províncias argentinas de Corrientes e Misiones.

Durante os dias do feriado prolongado, os atrativos turísticos de Foz do Iguaçu e região estarão abertos com horários especiais e reforço nas equipes de atendimento. Quem for às compras, porém, deverá ter atenção: tradicionalmente, o comércio paraguaio fecha ou opera de forma reduzida na quinta e na sexta da Semana Santa, retornando no Sábado de Aleluia.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

Guilherme Wojciechowski é repórter colaborador do H2FOZ. E-mail: [email protected] - Veja mais mais conteúdo do autor.